quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

MÚSICA X ATIVIDADE FÍSICA

Combinação perfeita! Acho que todos nós, atletas amadores ou não, fazemos 98% dos nossos treinos sozinhos, e uma grande companheira pra essas horas é a música. Aliás, ela faz parte de vários momentos de nossa vida, desde os alegres aos mais tristes. Músicas que marcaram nossa infância, adolescência nunca saem da cabeça e com essa lembrança sempre vem junto um sentimento diferente que as vezes nem conseguimos explicar o que é. Enfim, de uma forma ou de outra ela está e sempre esteve presente. Talvez você passe um ano sem ler um livro, mas nao passa uma semana sem ouvir algo. Com relação a treinar ouvindo música, claro que há quem nao curta, mas acho que são poucos os que se aventuram num longão de bike ou de uma corrida sem uma trilha sonora como companheira. Alguns estudos feitos em Londres comprovaram que uma boa música pode melhorar seu desempenho em até, pasmem, 20%!!! Os voluntários submetidos aos testes tiveram um aumento de 18% na melhora da perfomance. Ok, esse foi UM estudo, e podem haver outros apontando resultados opostos, porém acho que no final o que vale é o nosso feeling, e o meu diz que melhora sim!! Aí vale qualquer coisa, sua preferência dita o que vai rolar no Mp3, Mp4...... É comum vermos atletas de elite com um fonezinho de ouvido antes de uma prova importante, exemplo disso é o Phelps que sempre aparecia com grandes fones antes de uma final, no qual rolava aqueles Rap's americanos, ou no Hawaii com os favoritos preparando suas bikes na área de transição e munidos de música nos ouvidos. Quando você já está esgotado terminando aquele fartlek na rua e começa "aquela" música, é impressionante como tudo muda, é um gás extra pra aquele último tiro, nem que seja o de misericórdia e você caia duro no final, mas você o faz. Tenho no meu Mp4 várias pastas e enganam-se quem pensa que é de sinfonias de Beethoven, concertos de Rachmaninoff ou sonatas de Mozart. São pastas e mais pastas do bom e velho Rock'n Roll. Iron Maiden, Kiss, Paradise Lost,Dream Theater, W.A.S.P, Deep Purple, hardão anos 80: Poison, Nelson, FireHouse, Skid Row e até Bon Jovi antigo entre outras mais "alternativas" rss. Esse vídeo é de uma banda americana liderada por Dave Mustaine, que já tocou no Metallica e foi expulso da mesma formando então o Megadeth em 1983. A música é massa,é um exemplo daquelas que fizeram parte de alguma época na nossa vida, no meu caso adolescência. A Toute Le Monde é do disco Youthanasia de 1994 e a formação da banda naquela época era: Dave Mustaine — Vocal e guitarra Marty Friedman — Guitarra e backing vocals David Ellefson — Baixo e backing vocals Nick Menza — Bateria
video

9 comentários:

  1. Olá...

    Fuçando aqui, fuçando lá.. achei o seu blog...Tb tenho um blog de corridas e se quiser dar uma passadinha por lá, será muito bem vindo...Enquanto isso vou seguindo o seu e bizoiando...rs...

    bjs e ótimos treinos

    www.lucy-justrun.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. E ai Rodrigo, cara além de termos o Tri em comum o gosto musical é muito parecido principalmente pelo por essa grande banda, Megadeth, com certeza uma das maiores paixões da minha vida, inclusive tenho até um M do letreiro do Mega tatooado, com certeza Mega sempre combina com um longo pedal de subidas
    Abraço
    http://michelfontoura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Rodrigo !!! Parabéns pelo blog!
    Cheguei aqui através de amigos triatletas em comum...! Vc escreve muito bem ! Adoro suas impressões conectando esporte a musica!

    ResponderExcluir
  4. Agradeço muitíssimo aos comentários de todos, valeu por acompanharem o blog e acho que o principal intuito disso é conhecer pessoas e fazer amizade com quem se dedica e tem essa paixão em comum que é o Triathlon e a Música. Valeu galera, muitos treinos, competições, tempos baixados, pódiuns, música e mais música para todos!!!
    Abração

    ResponderExcluir
  5. Obrigado Nilma, que bom que gostou,ainda sou novo nesse tal de blog...rss tomara que meus posts sempre agradem.
    Obrigado pelos elogios e me visite sempre que quiser.

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho mesmo sentido muita falta do exercício físico, pois só com música e filosofia não dá não! já to ficando com uma pancinha de comida (cerveja não engorda!!!)

    Mens sana in corpore sano

    ResponderExcluir
  7. Hehehe é Daniel, hoje em dia, até os músicos e filósofos sentem falta de uma prática esportiva....rsss o mais difícil é começar, depois vicía e não pára(ops, agora sem acento rss) mais.
    abraço

    ResponderExcluir
  8. Oi Rodrigo tudo bem sou o marlus (baiano), sou musico e estudante de educação física, vi seu blog e queria te dar os Parabéns muito legal, muito massa essa conversa entre musica e atividade física. Eu queria te pedir se possivel que você me desse sua opinião sobre a importância da atividade fisica na música se possivel claro. Esse é meu tema para minha monografia, rsrs.

    ResponderExcluir
  9. Olá Marlus!!! Muito obrigado por sua visita! Que legal que tenha gostado do blog. Obrigado mesmo!
    Marlus, muito legal o tema de sua monografia. Eu acho na verdade que a musica está muito mais para a atividade física do que o contrário. Se observarmos bem, quantos musicos/atletas existem? E o contrário? Tudo bem que não serão muitos mas serão mais.
    No que diz respeito somente as atividades, acho que a importância da atividade física na música, é a capacidade de concentração, força de vontade e o "querer muito uma coisa" que ela dá.
    No meu caso que estudo música erudita, isso é muito importante.
    Acho que é um benefício mais intelecutal que físico. Espero ter ajudado.
    Me manda um e-mail e a gente discute melhor isso.
    sales_rodrigo@hotmail.com

    Abração e boa sorte na monografia.

    ResponderExcluir